Linguistic Consultancy

  • Danielle Sanchez

Lost (and Found) in Translation 5 - português


Trabalhar como freelancer/autônoma é, no mínimo, diferente. Eu vim do mercado de trabalho tradicional, com carteira assinada, trabalhando no local do cliente, horário comercial, e senti a diferença. A principal delas é a administração do tempo. E quando me refiro à administração do tempo, não me refiro só aos projetos de tradução, mas também aos compromissos familiares e até mesmo ao lazer.


Mox’s Blog, como sempre…

Quando eu saía todo o dia de manhã para o trabalho, isso era um “ritual” para as crianças, “a mamãe está saindo de casa e só podemos falar com ela por telefone ou e-mail”. Trabalhando em casa, elas precisaram se acostumar com o fato de que eu estar no computador significa que não posso ser interrompida. Há uns meses atrás minha filha de 3 anos queria sair para brincar no quintal, e queria que eu fosse junto. Mostrei a ela a barra de rolagem do texto na CAT tool, e expliquei a ela que quando encostasse lá no final, mamãe poderia sair. Ela ficou do meu lado, me incentivando, vibrando a cada descidinha que a barra dava. Por outro lado, outro dia tive que cancelar o cinema com meu marido, porquê minha filha de 17 anos precisava que eu a levasse à escola para um compromisso, e ela deixou pra avisar só na hora em que ela tinha que sair. E esses casos são só alguns exemplos de problemas de administração das minhas 24 horas do dia, que surgiram desde que comecei a trabalhar em casa com tradução. Procurando ajuda sobre o problema de gerenciar o meu tempo, achei esses sites muito interessantes:

Six time management and balance tips for freelance and business mums

30 Essential Tools and Web Apps for Freelancers

Espero que seja útil para você também. :) Me despeço de você com um abraço, até a próxima newsletter.

#freelance #família #filhos #gerenciamentodotempo #português

0 views

© 2011-2020 by Dani's Translations